Publicado em: sexta-feira, 14/02/2014

Coxinha de 1kg é devorada em apenas 3 minutos por rapaz em uma padaria de São Paulo

Coxinha de 1kg é devorada em apenas 3 minutosExistem competições de todas as formas, e há quem goste de desafios mais exóticos, esse é o caso do programador de informática Erick Aranega, de 23 anos, que na terça-feira (13), comeu uma coxinha que pesava 1kg na padaria Panetteria ZN, localizada na Zona Norte de São Paulo, o detalhe era que para ele conseguir bater o recorde anterior, teria que fazer isso em apenas 3 minutos e 1 segundo, a última pessoa que devorou a coxinha de 1kg, o fez em 3 minutos e 43 segundos. Erick também já participou de outra competição do mesmo gênero, no ano passado venceu o desafio de comer um hambúrguer gigante.

Toda essa comilança faz parte de uma promoção que a própria padaria promoveu, para os que comesse a coxinha em até 10 minutos, não pagariam nada pelo lanche, que custa R$32,90. O competidor gastronômico, diz que a coxinha é muito saborosa e apesar de ter a devorado em tão pouco tempo, conseguiu sentir o sabor. Afirma ainda que gosta de catupiry, mas não pode ver cheddar em sua frente, por conta do sanduíche também devorado na competição anterior, o recheio continha 1,3kg de cheddar.

COXINHA GIGANTE POR ACASO

A coxinha gigante é o resultado de uma falha na cozinha da padaria, mas que depois que foi colocada à venda no balcão, os clientes se interessaram e começaram a consumir, fazendo com que a demanda aumentasse, hoje a padaria produz 150 unidades dela por dia. Vendo uma forma de descontrair e desafiar os clientes, a gerente da padaria, Fátima Dias, criou a promoção e diz que com isso a padaria vive em constante clima de festa. A próxima premiação para quem bater o recorde atual, será um Ipad.

Erick não irá parar por aqui, afirma que tem planos em continuar fazendo esse tipo de competição. Até chegou a informar nas redes sociais, desafiando alguém para ver quem comeria mais pedaços de pizza em menos tempo, entretanto, com receio por conta das competições anteriores já ganhas, ninguém até agora aceitou.