Publicado em: quinta-feira, 12/09/2013

Costa Concórdia começará a ser endireitado na próxima segunda-feira

Costa Concórdia começará a ser endireitado na próxima segunda-feiraO navio Costa Concórdia que teve seu naufrágio ocorrido há pelo menos um ano e meio começará o processo para ser içado do local onde afundou, na ilha de Toscana, porém antes de prosseguir com os procedimentos para içar a embarcação se faz necessário que a mesma seja endireitada, o processo para endireitar o navio tem início na próxima segunda-feira dia 16, a operação de grande porte que foi organizada irá custar 750 milhões de Euros.

As informações a respeito dessa grande operação montada foi passada pela agência de proteção civil que é o órgão que ficou responsável pela elaboração do projeto, primeiramente a agencia procedeu a essa informação em Roma, na Itália.

De acordo com a agência de proteção civil, primeiramente haverá um trabalho de verificação das condições climáticas, no domingo, logo após essas análises, caso as condições sejam favoráveis aos procedimentos a confirmação do inicio da operação será dada.

Desde o período em que a embarcação afundou, milhares de engenheiros têm trabalhado em um projeto para avaliar tudo o que seria necessário para que o navio, que pesa 114.500 toneladas, fosse retirado do mar, sendo assim eles chegaram à conclusão de que antes de puxar a embarcação seria necessário que antes ele fosse endireitado.

O navio Costa Concórdia afundou em 13 de janeiro do ano passado, no acidente 32 passageiros que estavam no cruzeiro perderam suas vidas, sendo que duas dessas vítimas não foram localizadas, o cruzeiro tinha na ocasião um total de 4.229 pessoas a bordo, esse número se refere a passageiros e também tripulação que estavam na embarcação.

O navio não afundou totalmente já que mergulhadores profissionais fizeram a armação de um solo falso, que possibilitou que a embarcação se mantivesse estável durante todo esse período, para que essa ação fosse possível foram colocados sacos de areia embaixo do navio para dar estabilidade ao mesmo que se encontra tombado.

Após os procedimentos para deixar o navio reto só será possível içar a embarcação algumas semanas após esses trabalhos, a estimativa de puxar o navio para longe da localidade onde está pode ser de semanas após deixá-la na posição vertical ou até mesmo alguns meses sejam necessários para que isso seja feito.