Publicado em: sexta-feira, 11/11/2011

Correios lançam campanha para atender pedidos de crianças que escrevem para o Papai Noel

Os Correios lançaram nesta sexta-feira (11) a campanha para distribuir presentes de Natal às crianças que escrevem cartinhas ao Papai Noel. Os voluntários que colaborarem com a iniciativa vão poder ajudar a ler e a responder cada cartinha, além de poderem “adotar” algum dos pedidos e comprar o presente que a criança pediu ao velhinho do Natal. No caso da cidade de São Paulo, as cartas vão estar disponíveis em 148 postos dos Correios da região metropolitana.

De acordo com o vice-presidente dos Correios, José Furian Filho, “as pessoas podem ajudar na leitura das cartinhas, no cadastramento e depois no apadrinhamento: escolher uma cartinha, comprar um presente e deixar esse presente para que os Correios possam entregar”. Com base nos dados do ano passado, 110 mil cartas foram cadastradas no sistema e 60 mil crianças realmente receberam o presente que pediram ao Papai Noel. Independente de ter um presente, todas recebem uma resposta.

As cartas levadas em consideração pelos agentes dos Correios para que talvez ganhem um presente devem ser escritas a mão e já forma feitos pedidos dos mais variados possíveis. O desejo para o presente de Natal pode ir desde brinquedos, roupas e material escolar até um emprego para o pai, caso que é um pouco mais difícil de atender.

A data definida para que os Correios façam a entrega gratuitamente é 14 de dezembro, quando a campanha chega ao fim. Todas as informações estão no site dos Correios para consulta garantida por quem tem interesse em participar da campanha.