Publicado em: sábado, 11/01/2014

Corporação de vistoria veicular em SP demite empregados

Corporação de vistoria veicular em SP demite empregadosA Controlar, companhia que realizava a verificação veicular na capital paulista, informou recentemente que seus 800 empregados vão adentrar em aviso prévio. Em comunicado, a corporação avisa que os ofícios serão apresentados normalmente até o final de janeiro, segundo deliberação judicial.

A Controlar conta que a avaliação não vai intervir na condição dos ofícios prestados à população de São Paulo e que, à medida que disso, arriscará “comprovar na Justiça a legitimidade de seu convênio om a prefeitura até 2018.

Em outubro de 2013, a prefeitura divulgou a paralisação do acordo de ofícios de vistoria veicular com a Controlar, declarando que a validade do apontamento tinha acabado em março de 2012. Além do mais, haviam dois procedimentos administrativos contra a companhia, um deles, iniciado pelo Ministério Público de São Paulo para aquilatar prováveis comportamentos criminosos na conservação do pacto realizado em 1996, com a prefeitura para a vistoria veicular no município.

A corporação apelou da deliberação da prefeitura na Justiça e conseguiu uma liminar afiançando que os ofícios permanecessem sendo proporcionados até o dia 31 de janeiro de 2014. A prefeitura, contudo, determinou iniciar nova licitação para a verificação veicular.

O prefeito Fernando Haddad falou a imprensa de que a prefeitura não revigorará o pacto com a Controlar e que isso apenas acontecerá na ocasião de uma ação legal forçando a prefeitura a realizá-lo.