Publicado em: sexta-feira, 19/10/2012

Corpo de jornalista desaparecido é encontrado no Paraná

Corpo de jornalista desaparecido é encontrado no ParanáO corpo do jornalista de 38 anos de idade que havia desaparecido no Paraná foi encontrado na tarde de ontem, quinta-feira, 18 de outubro, na região metropolitana de Curitiba. O corpo de Anderson Leandro, que havia sumido há oito dias, depois que saiu da produtora em que trabalhava, estava em uma área rural de Quatro Barras, com várias marcas de facadas e já em estado adiantado de putrefação.

A polícia já sabe quem foi o autor da morte de Anderson Leandro. Foi um jovem chamado Henrique Wesley de Oliveira, que tem 20 anos de idade. O crime teria sido passional, já que de acordo com a polícia, o jornalista estava tendo um caso com a mulher do jovem. Ele está preso e deverá prestar depoimento nesta sexta-feira, 19 de outubro, quando a polícia pretende descobrir mais detalhes para que o caso possa ser esclarecido.

Leonir Batisti, que é coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o jovem já confessou que foi o responsável pelo assassinato do jornalista. No primeiro depoimento, ele teria dito que fez uma emboscada para a vítima, atraindo Andersom Leandro para o local onde seu corpo foi encontrado. Foi ele quem indicou para os policiais onde o corpo do jornalista tinha sido abandonado.

As informações dadas pelo assassino confirmaram as suspeitas da polícia de que o jornalista tinha sido vítima de uma emboscada, já que ele falou que iria fazer um orçamento em Quatro Barras e depois disso nunca mais foi visto. A única informação que a polícia tinha sobre isso é de que a ligação feita para solicitar o orçamento teria sido feita de um telefone de Campina Grande do Sul, cidade que é vizinha a Quatro Barras.

Como Anderson Leandro trabalhava para movimentos sindicais, acreditava-se até então que o crime teria relação com esses assuntos.