Publicado em: quinta-feira, 26/07/2012

Corpo de estudante brasileira deixará o Peru ainda hoje

O corpo da estudante de medicina Paula Sibov, de 24 anos, que morreu ao cair em um penhasco no Peru no último domingo, 22 de julho, será enviado para o Brasil na noite desta quinta-feira, 26 de julho. As informações foram fornecidas pelo Itamaraty. A brasileira, que passava férias no Peru, caiu em um abismo no Vale do Colca, localizada na Cordilheira dos Andes, na região sul do país. O abismo tem 200 metros de profundidade.

No comunicado, o Itamaraty disse que não poderia informar que horas o corpo da estudante chegaria ao país. O translado ainda não havia sido feito por conta da emissão dos documentos necessários para o transporte.

Para que o corpo da estudante pudesse ser enviado ao Brasil, a família de Paula foi orientada pela Embaixada do Brasil em Lima e por Miguel Rivas, que é cônsul honorário do Brasil em Arequipa, cidade que está próxima ao local onde a jovem morreu.

Paula, que estava no país com um visto de turista, fazia medicina na PUC de Campinas e se formaria em 2014. O corpo dela foi resgatado por soldados da Polícia Nacional e trabalhadores na madrugada de segunda-feira. Após o resgate, o corpo da jovem foi levado para o município de Chivay.

O Vale do Colca é uma região perto da cidade de Arequipa. No local, há o encontro o Rio Colca e o Canhão do Colca. No local, existem trilhas onde os turistas fazem passeio e podem conhecer a paisagem da região, além de animais raros que vivem ali como, por exemplo, lhamas, guanacos, condores, entre diversos outros.

De acordo com as informações fornecidas pela a imprensa local, a estudante estava fazendo a trilha em cima de uma mula quando caiu no abismo. Ela estava junto com outras pessoas, mas seu animal estava atrás e teria se desequilibrado, causando a queda da jovem.