Publicado em: quarta-feira, 24/10/2012

Corinthians: vaga para ataque do time no Mundial ainda está aberta

Corinthians: vaga para ataque do time no Mundial ainda está abertaO primeiro jogo do Corinthians no Mundial de Clubes no Japão está marcado para acontecer no dia 12 de dezembro. Tite, que é o técnico da equipe paulista, disse que irá aproveitar o tempo até o primeiro compromisso do Corinthians na competição para definir quem será a dupla de Emerson Sheik no ataque da equipe. Os jogadores que estão disputando a vaga são Martinez, Guerrero, Jorge Henrique e Romarinho.

De acordo com o treinador corintiano, os seis jogos que faltam para que o Campeonato Brasileiro chegue ao fim vão servir para que ele possa escolher quem ficará com a segunda vaga no ataque da equipe paulista no Mundial.

Na disputa pela vaga, quem está com uma certa vantagem diante dos seus companheiros de time é Romarinho. Isso porque o jogador nunca ficou no banco de reservas desde que o Corinthians foi campeão na Copa Libertadores da América, no meio do ano. No próximo jogo do Corinthians no Brasileirão, que será realizado no sábado, 27 de outubro, a partir das 16h20, contra o Vasco, Tite irá utilizar Romarinho ao lado de Martinez no ataque. Enquanto isso, o jogador Guerrero está se recuperando de dores musculares e não deve ser nem relacionado para o confronto.

Enquanto isso, Jorge Henrique está retornando de uma lesão. Ele entrou nos minutos finais da partida contra o Bahia no Pacaembu, quando o timão empatou em 1 a 1 na capital paulista. Já Paolo Guerrero, que é peruano, não mostrou muita coisa em suas partidas com a camisa corintiana, mas ainda assim está bem com o técnico da equipe, já que hoje em dia é o único jogador no time que atua como pivô. Ter um atleta com essa qualidade pode ser importante para o timão nas partidas no Japão.

Tite disse em entrevista que não é ele quem decide quem será a dupla de Emerson Sheik no ataque, mas sim o campo. E que por isso os últimos jogos do Brasileirão serão fundamentais para que o nome seja escolhido.