Publicado em: quinta-feira, 21/06/2012

Corinthians segura o Santos e está na final da Libertadores pela primeira vez na história

Após uma longa espera o Corinthians finalmente conseguiu chegar a uma final de Libertadores. Na noite da última quarta-feira (20) a equipe empatou com o Santos no Pacaembu por 1 x 1 e por conta da vitória fora de casa no primeiro jogo avançou para a decisão do torneio mais importante das Américas.

A noite do torcedor corintiano foi de esquecer todas as eliminações e vexames passados em dez participações na Copa Libertadores da América. A história quase se repetiu, mas o Timão mostrou raça e força para conseguir o placar necessário para se classificar.

A partida foi bastante truncada e com muitas faltas. As equipes pouco criaram e o Corinthians já estava disposto a segurar a partida por conta do resultado na Vila Belmiro. Entretanto, a primeira vez que o Santos chegou realmente com perigo tocando a bola no chão abriu o placar. Aos 34 minutos Neymar carregou pelo meio e tocou para Alan Kardec. O jogador recebeu pela direita e cruzou para Borges no meio da área que desviou para o gol. A bola bateu na trave e sobrou nos pés de Neymar que, oportunista, acreditou no lance até o final.

Na volta do intervalo o técnico Tite mexeu no time e colocou o experiente atacante Liédson na equipe. Mas o que mudou mesmo foi a postura e a marcação-pressão no campo do peixe. Por conta disso, o Corinthians conseguiu uma falta do lado esquerdo aos 2 minutos que Alex cobrou. A bola passou por todo mundo e sobrou para Danilo que demonstrou a frieza de sempre para empatar o jogo e levar o torcedor ao delírio. Depois disso foi só administrar o placar para conseguir a classificação.