Publicado em: terça-feira, 21/06/2011

Corinthians se prepara para impedir novo ‘100’ de Ceni

Uma ironia do destino paira sobre o Parque São Jorge. Pelas contas de Rogério Ceni, ele fez 101 gols em toda a sua carreira, o centésimo diante do Corinthians pelo Paulistão de 2011. Mas a Fifa desconsidera dois gols em amistosos. Assim o maior goleiro artilheiro de todos os tempos possui 99 gols “oficiais”.

Dessa forma se Rogério marcar mais um gol seria o centésimo na conta da Fifa e o próximo adversário do São Paulo no Brasileirão é o próprio Corinthians no próximo domingo (26).

A tática utilizada para que Rogério não consiga o feito será repetida, mas que não deu certo no último confronto: evitar faltas próximas à área e pênaltis. Quando a chance de gol é iminente é melhor fazer a falta, contra o São Paulo isso não será utilizado.

Para o atacante Willian, do Corinthians, Rogério possui muita qualidade para bater faltas, mas a equipe não deve se preocupar porque o goleiro corintiano (Júlio César) vive um bom momento. É só evitar as faltas próximas da área, completa.

Júlio César foi quem sofreu o gol 100 de Rogério Ceni. Mas segundo Willian o goleiro não ficou chateado por ter tomado um gol tão importante para outro jogador na carreira, e sim com a derrota e a perca da invencibilidade diante do rival.