Publicado em: quarta-feira, 26/02/2014

Corinthians negocia Emerson Sheik com Atlético-MG

Corinthians negocia Emerson Sheik com Atlético-MGNesta terça-feira, 25 de fevereiro, diversos veículos esportivos anunciaram que o Corinthians está negociando o atacante Emerson Sheik com o Atlético-MG. Os dois clubes teriam iniciado as conversas no início da última semana e, de acordo com as primeiras informações, Emerson chegaria ao Atlético-MG sem custos para o clube de Belo Horizonte, que teria de arcar apenas com o salário do atleta – ou com parte dele, dependendo do acordo entre as equipes.

Altos salários

A saída de Emerson Sheik estaria em consonância com a atual política da diretoria do Corinthians, que adotou uma filosofia de corte de gastos com altos salários. Desde que o presidente Mário Gobbi anunciou a preferência do clube por jogadores com menos “grife”, o Corinthians já se desfez de atletas como Ibson, Douglas, Alexandre Pato e Paulo André. Com a saída destes atletas, além de algumas contratações (como a de Jadson, envolvido em troca com Pato), o Corinthians economizou algo em torno de R$500 mil mensais com salários.

Emerson é, atualmente, um dos atletas mais caros do Timão. O salário do atacante é de R$520 mil mensais. Além do valor salgado, Emerson não vem sendo aproveitado na equipe.

Negociações anteriores

Em janeiro, o Corinthians tentou negociar o atacante com o Grêmio, mas as negociações acabaram não avançando, pois o tricolor gaúcho queria envolver Kleber em uma troca com o Corinthians. O nome de Kleber não agradou à diretoria do Timão, que cancelou as negociações. Caso Emerson realmente se transfira para o Galo, o Corinthians terá que sair em busca de reforços para o ataque. A expectativa é de que a equipe contrate dois reforços para a posição.

Má fase

Atualmente com 35 anos, Emerson Sheik vive um momento ruim no Corinthians. Com a boa fase de Romarinho e o apoio da diretoria alvinegra a Paolo Guerrero, Emerson tem tido poucas chances de atuar pela equipe, geralmente entrando em campo apenas nos minutos finais das partidas.

A situação de Emerson ficou ainda mais complicada no Corinthians após a invasão realizada ao CT Joaquim Grava por cerca de cem torcedores da Gaviões da Fiel. Sheik e Alexandre Pato, de acordo com informações de funcionários do centro de treinamentos, eram os principais alvos da fúria da torcida. Pato, pouco tempo depois, se transferiu para o São Paulo.

Revelado no São Paulo em 1998, Emerson Sheik passou boa parte de sua carreira no futebol de outros países. Entre 2000 e 2005, atuou em três clubes diferentes no futebol japonês. Contudo, foi no Qatar que o atacante viveu a melhor fase de sua carreira, quando ganhou o apelido de Sheik. Atuando pelo Al-Sadd, Emerson foi convidado para jogar pela seleção do Qatar, pela qual fez três jogos na carreira.

Apesar dos 35 anos e da fase desfavorável, Emerson Sheik ainda não pensa em parar. Contudo, caso se transfira para o Atlético-MG, o atacante terá de disputar posição em um setor muito concorrido, que já conta com jogadores como Diego Tardelli, Fernandinho, Neto Berola e Jô.