Publicado em: segunda-feira, 09/07/2012

Corinthians – Diretoria evita desmanche

A diretoria do Corinthians tenta evitar um ‘desmanche’ de seu elenco após a conquista inédita da Copa Libertadores da América. Os dirigentes do clube alvinegro tentar resistir ao assédio de outras equipes, que aumentou consideravelmente depois do título continental.

O mais recente alvo das especulações seria o zagueiro Chicão. De acordo com o jornal ‘Folha de São Paulo’ desta segunda-feira (09), o defensor teria uma proposta do futebol chinês. O jogador é um dos poucos remanescentes do elenco formado há quatro anos atrás, para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Além do clube – não revelado – do futebol asiático, o jogador de 31 anos também teria atraído interesse de uma equipe da Rússia.

Desta maneira, o zagueiro seria mais um titular que o time treinador por Tite pode perder após ser campeão invicto da Libertadores. O atacante William foi o primeiro a deixar o clube, após acertar com o Metalist, da Ucrânia. O zagueiro Leandro Castán também foi vendido, para a Roma, por 5 milhões de euros. O atacante Liedson também deverá sair, já que o clube do Parque São Jorge não teria interesse em renovar seu contrato.

Para piorar, o volante Paulinho – apontado como um dos grandes nomes do título invicto na Libertadores – tem sido constantemente citado em uma possível transferência para a Internazionale, de Milão, Itália. O jogador, no entanto, assegurou que desconhece qualquer oferta que tenha vindo do futebol europeu.

A direção do Corinthians já adiantou que pretende reforçar o elenco para a disputa do segundo semestre, visando, principalmente, a disputa do Mundial Interclubes, que acontece em dezembro, no Japão, e onde os brasileiros poderão vir a enfrentar o Chelsea, da Inglaterra, campeão europeu, em uma eventual final.