Publicado em: sexta-feira, 12/04/2013

Coreia do Norte – Pentágono acredita que norte-coreanos podem lançar armas nucleares

Coreia do Norte - Pentágono acredita que norte-coreanos podem lançar armas nuclearesO jornal norte-americano New York Times apontou durante esta quinta-feira (11) que um relatório que a inteligência do Pentágono preparou chegou à conclusão inédita, tendo moderada confiança, que a Coreia do Norte conta com tecnologia para utilizar armas nucleares com tamanhos compatíveis a mísseis balísticos.

Até o momento era do conhecimento de o regime da capital Pyongyang contava com capacidade para produzir os artefatos nucleares, porém não havia uma confirmação de que poderia lançar como mísseis. Este documento, que a Agência de Inteligência de Defesa preparou, teve sua distribuição para membros do alto escalão do governo e também para membros do Congresso dos Estados Unidos. A agência foi um dos órgãos que dizia com maior veemência que o regime do ditador Saddam Hussein do Iraque, contava com armas nucleares, o que após mostrou não ser verdade.

Conforme aponta o jornal, existe a ressalva que a confiabilidade das armas deve ser pequena, por causa dos grandes desafios técnicos para a produção adequada das ogivas nucleares que cheguem a “sobreviver” durante o voo e detonar em um alvo desejado.

O deputado Doug Lamborn do partido republicado divulgou a existência deste relatório, que fez menções a um resumo de uma reunião no Congresso norte-americano. Desta reunião estiveram participando ainda o secretário Chuck Hagel da Defesa norte-americana, e o general Martin E. Dempsey que é chefe do Estado-Maior.

Segundo o porta-voz George Little do Pentágono iria ser impreciso sugerir que a Coreia do Norte possa fazer o lançamento de um míssil nuclear como é referido no relatório.

Conforme aponta a rede de TV norte-americana CNN, fontes do governo dos Estados Unidos e Departamento da Defesa norte-americano afirmaram ainda que o relatório que o deputado revelou e obtido pelo NYT foi classificado erroneamente como não secreto.