Publicado em: quarta-feira, 28/12/2011

Coreia do Norte lamenta morte de Kim Jong-il em funeral

Nesta quarta-feira, dia 28 de dezembro, milhares de norte-coreanos lamentavam e choravam nas principais ruas de Pyongyang durante o cortejo fúnebre onde estava o corpo do ex-líder do país Kim Jong-il. A procissão saiu do Palácio Memorial de Kumsusan e, depois de pouco mais de duas horas, chegou a Praça Kim II-sung.

Na praça, milhares de pessoas aguardavam para se despedir pela última vez do ex-ditador, que faleceu no dia 17 de dezembro, aos 69 anos. O evento foi transmitido ao vivo pela TV estatal KCTV, que mostrava imagens da multidão sob forte neve, aglomeradas para assistir a comitiva passar. No cortejo, estava o filho mais novo do líder, Kim Jong-un, o qual deve assumir o cargo do pai.

O cortejo fúnebre saiu do Palácio de Kumsusan, local onde o velório estava sendo feito, às 14h (horário da Coreia do Norte). Os primeiros metros do percurso foram feitos bem devagar, com os militares, oficiais e Kim Jong-un caminhando ao lado do veículo que levava o caixão. Este estava coberto em uma bandeira do Partido dos Trabalhadores e depositado sobre uma cama com crisântemos brancos distribuídos por todo o carro.

O veículo que seguia atrás carregava uma grande imagem do ex-ditador usando sua tradicional veste militar. Da mesma maneira como aconteceu com o funeral de Kim II-sung, fundador do regime e pai de Jong-il, o cortejo passou pelas principais vias da cidade. Durante o percurso, vários cidadãos choravam e gritavam para o corpo do líder.