Publicado em: terça-feira, 06/03/2012

Copom deve reduzir taxa de juros para 10% ao ano

Os economistas mantêm a expectativa de que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que se reúne hoje (6) e amanhã (7), anuncie um novo corte nos juros básicos. Espera-se uma redução de 0,5%, passando dos atuais 10,50% para 10% ao ano. Essas informações estão, inclusive, em um relatório divulgado pelo próprio BC na tarde de ontem (5). Este relatório é conhecido como Focus pelos analistas.

Se confirmada a expectativa, este será o quinto corte consecutivo nos juros. Para o fim deste ano, a estimativa do mercado é que os juros caiam para 9,5% ao ano. Os analistas continuam prevendo uma nova redução da taxa Selic em abril. Já para o fechamento de 2013, a estimativa é de 10,50% ao ano.

Expectativa do PIB é de 2,82%

Segundo o levantamento feito pelo BC, o mercado manteve em 2,82% a perspectiva de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2011. O valor correto será divulgado hoje (6) pelo IBGE. A estimativa do BC para o crescimento do ano passado está em 3%. Para o ministro da Fazenda, Guido Mantega, estima-se um crescimento próximo deste valor. Para 2012, espera-se um crescimento de 3,30%, o mesmo de pesquisa anteriores.

Inflação deve se aproximar de 4,5% em 2012

De acordo com o sistema de metas de inflação a entidade monetária precisa equilibrar os juros para atingir as metas que são pré-estabelecidas, tendo como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Para 2012 e 2013, a meta prevista é de 4,5%, podendo variar entre 2,5% e 6,5%, Embora seja de 4,5%, o IPCA pode variar dentro destes valores sem que a meta seja descumprida. Em 2011 a inflação ficou em 6,5%, agora o BC espera conseguir se aproximar do centro de 4,5% em 2012. O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou que a estimativa é de que o IPCA fique perto da meta de 4,50% neste ano e também em 2013.