Publicado em: quinta-feira, 12/07/2012

Copa do Brasil 2012 – Palmeiras põe fim a jejum e é campeão

A torcida do Palmeiras enfim pode comemorar um título nacional. Depois de doze anos sem uma conquista – interrompidos somente por um título paulista, em 2008 – o clube do Palestra Itália voltou a levantar uma taça, ao bater o Coritiba na decisão da Copa do Brasil.

Na noite da última quarta-feira (11), a equipe treinada por Luiz Felipe Scolari suportou a pressão dos mais de 35 mil torcedores que lotaram o Couto Pereira, e com um empate em 1 a 1, voltaram a ser campeões da Copa do Brasil. Os palmeirenses já haviam conquistado o mesmo torneio em 1998, sob comando justamente de Felipão.

O ‘Green Hell’ (‘Inferno Verde’) promovido pela torcida coxa-branca não foi suficiente para que a equipe paranaense revertesse a desvantagem obtida no jogo de ida, em Barueri, quando perdeu por 2 a 0. O time comandado por Marcelo Oliveira acabou parando na forte marcação palmeirense, enquanto que a equipe paulista fez valer daquele que tem sido o seu maior triunfo nos últimos anos: a bola parada com Marcos Assunção.

Precisando vencer por pelo menos 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis, o Coritiba tentou impor sua pressão desde o primeiro tempo. Porém, conseguiu abrir o placar somente no segundo tempo, com Ayrton, em cobrança de falta. A força das arquibancadas, impulsionada pelo primeiro gol, foi rapidamente esfriada pelo Palmeiras. Marcos Assunção cobrou falta e Betinho desviou, empatando o placar e praticamente acabando com qualquer chance dos paranaenses, que precisariam marcar mais três gols para ser campeões.

Com a conquista, o Palmeiras volta a ser campeão de uma competição nacional. Desde 2000, quando venceu a extinta Copa dos Campeões , os palmeirenses não desfrutavam deste tipo de glória. Campeão invicto da Copa do Brasil, algo que não acontecia desde 2003 com o Cruzeiro, a equipe comandada por Felipão também tem vaga assegurada na Copa Libertadores da América do ano que vem.