Publicado em: segunda-feira, 04/07/2011

Copa América – Paraguai 0 x 0 Equador

No início de noite na Argentina, estrearam pelo Grupo B do Brasil as seleções do Paraguai e do Equador. O jogo em Santa Fé, no estádio General Brigadeiro Estanislao Lopez, tinha como favorito o Paraguai de Gerardo Martino. A seleção guarani manteve a boa base que disputou o Mundial da África do Sul, e perdeu justamente para os campeões espanhóis nas quartas de final.

O primeiro tempo foi comandado pelo Paraguai. Barreto por pouco não abriu o placar em boa jogada de Estigarribia, com 12 minutos. O Equador equilibrou o embate e também por pouco não inaugurou as redes do Grupo B – que já havia passado em branco no 0 x 0 entre Brasil e Venezuela – num golaço. Christian Benitez driblou três adversários paraguaios antes de arriscar para o gol. Justo Villar salvou a pátria guarani neste e, depois, no chute de Castillo.

A superioridade equatoriana fez com que a primeira substituição do jogo acontecesse antes do intervalo. Aos 37, Gerardo Martino sacou Edgar Barreto para colocar Enrique Vera. Estigarribia voltou a incomodar no segundo tempo. Após excelente jogada do paraguaio, que deixou para trás dois marcadores do Equador, terminou no cruzamento na cabeça de Roque Santa Cruz, que viu sua cabeçada quase entrar, salva pelo goleiro Marcelo Elizaga.

Lucas Barrios, atacante argentino naturalizado paraguaio, decepcionou e pouco fez antes de ser sacado pelo treinador. O jogo seguiu sem maiores chances até o apito final, quando o 0 x 0 fez a classificação do grupo do Brasil embolar, com todas as equipes idênticas em número de pontos e gols. O próximo adversário do Paraguai será o Brasil de Mano, enquanto os equatorianos encaram a Venezuela.