Publicado em: terça-feira, 05/07/2011

Copa América – Neymar minimiza discussão com treinador da Venezuela em intervalo

Recentemente campeão da Libertadores como grande protagonista do Santos, Neymar passou a ser figura conhecida entre os admiradores de futebol na América do Sul. Por conta da conquista, dos infindáveis elogios e das jogadas que infernizaram Peñarol, Once Caldas, Cerro e tantos outros – e não apenas pelo topete -, a expectativa em torno de sua estreia era grande.

No entanto, após a bola rolar em La Plata, pouco se viu vindo de Neymar, Ganso ou qualquer outro atleta brasileiro em campo diante da Venezuela. A exibição, considerada fraca e abaixo do esperado, se desfez por poucos momentos. E, num deles, Paulo Henrique encontrou seu companheiro de Peixe na cara do gol. Neymar por pouco não marcou, mas tão logo se virou e já lidava com as reclamações adversárias. Para eles, o Brasil deveria ter colocado a bola para fora no início da jogada, quando o jogador Fedor se contorcia de dor no ataque.

Os brasileiros argumentaram não ter visto. Porém, na saída para os vestiários fez-se a confusão. O treinador da Venezuela César Farias chegou ao pé do ouvido de Neymar, reclamando acintosamente da continuidade da jogada em questão. Imediatamente ao ver aquilo, Mano Menezes e outros da comissão técnica partiram para cima de Farias. O empurra empurra pode ser visto no YouTube, onde um torcedor que flagrou a confusão subiu seu vídeo.

Após o jogo, o considerado melhor homem em campo da partida Neymar deu entrevistas sobre o episódio, e negou ter entendido o que se passou. Neymar argumentou que não entendeu nada do que lhe dizia o comandante da seleção venezuelana, até que Mano surgiu o defendendo. Em coletiva pós jogo, Farias disse ter sido empurrado enquanto Mano preferiu não falar sobre.