Publicado em: sexta-feira, 19/10/2012

Copa 2014: Aldo Rebelo diz que Fifa aceitou ingressos gratuitos para indígenas e pessoas de baixa renda

Copa 2014: Aldo Rebelo diz que Fifa aceitou ingressos gratuitos para indígenas e pessoas de baixa rendaDe acordo com informações dadas pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a Federação Internacional de Futebol, a Fifa, aceitou a proposta do governo brasileiro de que ingressos gratuitos para as partidas da Copa do Mundo de 2014 sejam oferecidos para indígenas e pessoas de baixa renda, que são atendidas pelo programa Bolsa Família.

A confirmação teria sido dada por Jérôme Valcke, que é o secretário-geral da Fifa, durante conversas que teve com o ministro brasileiro nos últimos dias, quando esteve no Brasil para fazer as vistorias nos estádios que serão utilizados durante o evento realizado no Brasil.

Esses ingressos não farão parte do setor 4, que é a parcela que será destinada a estudantes e idosos brasileiros que terão o direito a meia entrada para os ingressos das partidas do mundial.

Os ingressos serão gratuitos para os indígenas nas partidas que forem realizadas nas cidades de Manaus e Cuiabá, já que esses locais contam com uma população de índios maior do que nas outras cidades brasileiras. Já as pessoas que são beneficiadas pelo programa Bolsa Família são para os jogos que forem realizados em todas as cidades sede da Copa do Mundo 2014.

Em entrevista, o ministro brasileiro disse que o governo quer que a Copa seja um evento que possa ser prestigiado por toda a população do nosso país. E que nos casos dos indígenas e das famílias de baixa renda, nem a meia-entrada é suficiente para que eles possam assistir aos jogos do evento. Por isso, a decisão da gratuidade.

Os detalhes sobre a gratuidade dos ingressos para estas duas parcelas da população, como número de entradas disponíveis e como elas serão distribuídas, por exemplo, ainda serão analisados pela entidade internacional.