Publicado em: terça-feira, 03/09/2013

Consumo de suco de frutas pode aumentar o risco de desenvolvimento de Diabetes

Consumo de suco de frutas pode aumentar o risco de desenvolvimento de DiabetesAlgumas frutas como mirtilo, que são mais conhecidas como blueberries, uva, maça, dentre outras podem fazer com que as pessoas que consumam esses tipos de frutas, apresentem um risco menor de desenvolver a Diabetes do tipo dois, essas conclusões constam em uma pesquisa que foi publicada em uma revista de saúde recentemente.

Porém muitas pessoas acham, que pelo fato de certas frutas terem seu consumo considerado ótimo para a prevenção de diversos problemas, o suco delas também possuí as mesmas propriedades, porém ingerir um suco de frutas pela manhã, por exemplo, aumenta e muito os riscos de as pessoas que tem esse hábito diário desenvolverem a Diabetes, isso ocorre porque em um suco, a quantidade de frutas contidas nele não são as mesmas que normalmente a pessoa comeria, aumentando a quantidade de frutas tem aumento também a quantidade de açúcar, quando consumidos pela manhã o organismo absorve esses açúcares de maneira mais rápida.

As blueberries tem a capacidade de reduzir a diabetes do tipo dois em até 26%, por isso seu consumo é benéfico a saúde, já as demais frutas que geralmente as pessoas tem o maior hábito de consumir tem essa capacidade de evitar a doença fixada em apenas 2%.

Esse estudo realizado nos Estados Unidos fez o acompanhamento de 187 mil pessoas, deste número, um total de 6.5% apresentou desenvolvimento de diabetes tipo dois, essas pessoas responderam à uma pesquisa em que tinham que declarar com qual freqüência eles consumiam frutas além da quantidade de frutas ingeridas por eles.

As frutas mais consumidas, de acordo com os dados da pesquisa são grapefruit, morango, blueberrie, ameixa, pêra, dentre outras, através desses resultados se chegou à conclusão de que se um indivíduo consumir até três porções de uva, maçã, pêra e uva passa, a chance de essa pessoa desenvolver a diabetes diminuí consideravelmente o risco de desenvolvimento da diabetes do tipo dois.