Publicado em: quarta-feira, 28/03/2012

Consumo de chocolate pode ajudar a emagrecer

Segundo uma pesquisa feita na Universidade da Califórnia em San Diego (EUA), o chocolate pode ajudar a eliminar o peso ao invés de aumentar. Isso ocorre, no entanto, quando a pessoa tem um consumo moderado e regular do produto. Essa conclusão foi apresentada pelos pesquisadores e mostrou dados contrários ao senso comum que chocolate aumenta a gordura no organismo. Para a pesquisa foram estudadas 1.081 pessoas com idades entre 20 a 85 anos. Os estudiosos observaram a alimentação, a quantidade de calorias e o Índice de Massa Corporal (IMC).

A publicação está disponível no Archives of Internal Medicine e mostra que o chocolate, embora calórico, contém ingredientes que ajudam na perda de peso ao invés de acumular gordura. Isso faz com que o produto ajude na diminuição do IMC.

Segundo a pesquisa, o chocolate ajuda no metabolismo, principalmente na melhora da pressão sanguínea e do nível de colesterol. Percebeu-se, nos testes de laboratório, que o produto é rico em antioxidantes. O estudo, no entanto, alerta que o chocolate é calórico e, por isso, precisa ser ingerido com moderação.

Os pesquisadores alertam para a freqüência do consumo, pois é a moderação e também a freqüência que dão bons resultados. Segundo Beatrice Golomb, uma das autoras da pesquisa, os resultados mostram que a composição das calorias é mais importante do que o número ingerido, pois é isso que vai impactar no peso. De acordo com a análise apenas um indivíduo entre 100 pode ser resultado do acaso.

Outros trabalhos também mostram o potencial do chocolate

Este não é o primeiro trabalho a apontar benefícios do chocolate para a saúde, mesmo que ele seja considerado vilão das dietas sugeridas pelos médicos e nutricionistas. O tipo mais indicado é o meio amargo, que contém antioxidantes que contribuem para limpar radicais livres que danificam o organismo humano. No entanto as pesquisas sempre acrescentam que o alimento também é rico em gordura e açúcar, o que é prejudicial se ingerido em excesso.