Publicado em: terça-feira, 26/08/2014

Compulsão por alimentos é uma doença que necessita de tratamento

Compulsão por alimentos é uma doença que necessita de tratamentoGrande parte das pessoas quando chegam em casa cansadas e com fome, tem a tendência a querer comer tudo o que veem pela frente. Mas, de acordo com o endocrinologista Alfredo Halpern e o psiquiatra Arthur Kaufman, a comida não deve ser vista como uma recompensa, presente e muito menos como remédio para a tristeza. Halpern afirma que, a compulsão por alimentos não pode ser levada como um comportamento, e sim como uma doença que necessita de tratamento. Esse tipo de doença acontece por diversas razões, como químicas, hormonais, ligadas a genética ou psicológicas.

Além disso, o especialista também ressaltou que confraternizações, almoços de trabalho e outros eventos alimentares geralmente envolvem emoções. Depois do momento, a pessoa pode se arrepender. Há também, casais que acabam engordando depois do casamento, para que não caiam na tentação de ficar comendo tanto fora e tenham outras opções, a dica é para que o casal vá junto a academia e um ajude o outro, servindo de exemplo. Além disso, os médicos também abordaram sobre a troca de alimentos, trocas inteligentes como cookies por castanhas, balas convencionais pelas balas diet e não abusar no chocolate, comer no máximo um por dia.

Falta de ferro

Uma alimentação saudável faz toda a diferença na vida e também no humor, isso acontece quando há um estoque baixo de ferro no sangue, as células trabalham mais devagar e os cabelos e unhas ficam fracos e quebradiços. O cansaço e o mal humor também são características comuns quando há ausência de ferro. Para que não haja mais impulso pela comida, deve-se sempre lembrar de quatro fatores: Prontidão, perseverança, planejamento e proibido. Os especialistas aconselham que não façam dietas que restrinjam tudo, e sim, que se coma em quantidades adequadas.