Publicado em: sábado, 24/09/2011

Comercialização de imóveis usados permanece em alta em regiões de SP

O mercado imobiliário na região de São Paulo está em alta, o motivo principal é o número casa vez maior da oferta lançamentos. Mas, os imóveis usados estão tendo maior destaque nas cidades que fazem parte do Grande ABC. Essa região foi a única a registrar um crescimento nas vendas no primeiro semestre, comparado ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com um levantamento sobre a venda de usados feito pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP), o grupo de municípios composto por São Bernardo, Diadema, Santo André, Guarulhos, São Caetano e Osasco teve alta de 2,8% nas vendas. O interior de São Paulo obteve o pior resultado, pois teve um recuo de 31,9%.

Segundo o delegado regional do Creci-SP, Alvarino Lemos, a procura por imóveis usados na região do Grande ABC é maior do que na capital, por exemplo, porque tem muito mais opções de usados para vender. Na capital, as empresas oferecem mais imóveis novos.

O delegado ainda afirma que os imóveis usados estão mais caros do que os lançamentos, que possuem as mesmas características e localidades. Ele diz que com a maior procura por segmentos usados, os donos desses imóveis aumentam os preços. O Creci-SP recolheu dados de 36 cidades de São Paulo.