Publicado em: segunda-feira, 04/04/2011

Combate na Costa do Marfim mata pelo menos 800 pessoas

Oitocentas pessoas morreram em apenas um dia de conflitos na capital da Costa Marfim, a cidade de Duekoue, no oeste do país africano.

De acordo com um relatório da Cruz Vermelha, publicado na sexta-feira (1), pelo menos 800 pessoas morreram em um conflito registrado na madrugada de terça-feira. Nos últimos dias os conflitos no país africano têm se intensificado, informou o mesmo comunicado da entidade.

A Costa do Marfim encara uma Guerra Civil nos últimos meses, protagonizada por partidários de Alassane Outtara, eleito nas últimas eleições, em novembro, e Laurent Gbagbo, presidente que se recusou a deixar o poder.

A disputa pelo poder no país africano se intensificou esta semana, e os conflitos em Duekoue, que antes já enfrentava problemas com a violência, também resultaram na morte de crianças e mulheres, sendo que muitas vítimas de ataques já deixaram a região.