Publicado em: segunda-feira, 28/04/2014

Com o crescimento no uso de smartphones vírus para esses dispositivos tende a aumentar ao longo do tempo

Com o crescimento no uso de smartphones vírus para esses dispositivos tende a aumentar ao longo do tempoCom o número cada vez maior de pessoas que preferem a utilização de smartphones e tablets ao invés de ligarem os computadores, cresce também o interesse de hackers para a criação de um vírus que seja capaz de atingir os sistemas que são utilizados nesses aparelhos.

Atualmente milhares de pessoas dispõem da utilização de mecanismos móveis para realização de importantes transações na internet, a realização de compras, bem como acesso a contas bancárias se tornou cada vez mais comuns, já que existem aplicativos específicos que garantem que o usuário receba informações de movimentações bancárias e outras transações realizadas.

Um grupo composto por programadores havia procedido a criação de um vírus que foi chamado de Cabir apenas para demonstração de que vírus poderiam ser capazes de infectar esses dispositivos de maneira eficaz, no entanto o Cabir não causava quaisquer tipos de danos no aparelho infectado, porém algum tempo depois hackers fizeram a modificação do software original e o deixaram capaz de ser usado em programas que realmente trouxessem algum tipo de prejuízo aos usuários dos aparelhos infectados.

Ao final do ano de 2013, uma empresa especializada em tecnologia divulgou dados que davam conta de que no total apenas 1.2% dos vírus existentes na época tinham o objetivo de infectar smartphones e tablets, porém com o aumento de pessoas que se utlizam cada vez mais desses dispositivos o número de vírus capazes de infectá-los tende a aumentar e ficar cada vez mais perigoso, já que em alguns casos o vírus pode colher informações pessoais das pessoas, como senhas e dados pessoais que facilita a utilização desses dados em atividades que sejam de total desconhecimento do dono.

Por isso fica o alerta para as pessoas que utilizam desses aparelhos para facilitar as ações diárias, é preciso ter muito cuidado com todo conteúdo que é recebido por esses aparelhos, porque existem vírus que são capazes de enganar pessoas mandando mensagens aos aparelhos indicando que este está infectado e que é necessário que o usuário faça a instalação de um aplicativo específico para a limpeza do dispositivo, ao instalar esse aplicativo o indivíduo passa a ter suas informações colhidas por hackers que podem se utilizar delas indiscriminadamente no futuro.