Publicado em: quinta-feira, 15/03/2012

Clubes pedem para que CBF pague pela convocação de jogadores

Após a mudança no comando da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com a renúncia de Ricardo Teixeira e a posse de José Maria Marin, os clubes decidiram se unir e já fizeram uma reinvindicação ao novo comandante do futebol brasileiro.

Com o atual momento instável e de transição da CBF, os clubes vão solicitar que o salário dos jogadores sejam pagos pela confederação enquanto eles estiverem a serviço da seleção. E a possibilidade da CBF ceder é enorme.

Essa questão dos salários dos jogadores já está previsto na Lei Pelé em seu artigo 41, que diz que a CBF deve pagar o valor proporcional dos contratos dos atletas enquanto eles estiverem a serviço da seleção. Nos últimos anos, apenas o Flamengo afirmou que recebeu indenização da CBF enquanto que outros clubes ainda não.

Um dos clubes mais entusiasmados com a possibilidade é o Santos. Segundo o presidente Luís Álvaro, somente durante a Copa América com a convocação de Neymar, Ganso e Elano, a CBF deve ao clube aproximadamente R$ 600 mil.