Publicado em: quarta-feira, 11/07/2012

Clube de strip entra com processo contra mãe de óctuplos por cancelamento de shows

Nadya Suleman, conhecida mundialmente por ser mãe de óctuplos, está sendo processada por cancelar um acordo em que prometia fazer shows de topless. O clube de strip, “T’s Louge”, localizado em West Palm Beach, na Flórida, era o local com a “octomãe” iria fazer seus shows na tentativa de pagar suas dívidas. Porém, de acordo com o clube, Nadya cancelou o contrato e eles tiveram que entrar na justiça.

Os shows de topless de Nadya Suleman iriam começar nesta quarta-feira (11). Ela é mãe de 14 crianças, inclusive dos octogêmeos, que nasceram em 2009, frutos de um processo de fertilização. A norte-americana, que reside na Califórnia, tem grandes dificuldades financeiras e resolveu recorrer a estes trabalhos para conseguir se reerguer. Nadya já decretou falência e gravou filmes pornográficos.

Indenização

De acordo com o clube de strip, a “octomãe” teria assinado um acordo no dia 3 de junho no qual confirmava que esta apresentação seria a primeira. No entanto, dois dias depois de assinar o contrato, o agente de Nadya cancelou o acordo. O cancelamento teria ocorrido porque um funcionário do clube chamou a norte-americana de “louca” em um programa de televisão.

O clube deseja conseguir uma indenização de US$ 15 mil (referente a R$ 30.450) pelo cancelamento do acordo. Além disso, o local também deseja um mandado que impeça que Nadya se apresente em outros clubes pelos próximos três meses. Nadya Suleman, de 36 anos, afirmou que iria aceitar trabalhos no “entretenimento de adultos” para poder dar um bom futuro para seus filhos.