Publicado em: segunda-feira, 19/05/2014

Clipe da música da Copa deixou a desejar e recebe crítica dos internautas

Clipe da música da Copa deixou a desejar e recebe crítica dos internautasApós muito mistério, o clipe da música oficial da Copa do Mundo 2014 foi divulgado e já teve críticas por parte dos brasileiros, a música “We Are Onte (Ole Ola)” demonstrou não ter agradado muito os internautas rendendo sobre o assunto nas redes sociais, em destaque, o nome de Claudia Leitte é citado por diversas vezes, a bandeira da Argentina também foi bastante falado por aparecer em torno de 15 vezes, acabou virando deboche.

Claudia divide o vocal da música com os cantores americanos Pitbull e Jennifer Lopez, mas sua voz só aparece por 20 segundos e pode ser vista no clipe por 40. Uma das críticas veio de um internauta que ressaltou a escolha dos dois estrangeiros e a pequena participação da cantora brasileira. Em outro caso, foi dito que o samba de Claudia pareceu “desespero para aparecer”.

O problema do clipe não aconteceu só por parte de Claudia Leitte que aparentou estar mais empolgada que os americanos, e por conta dessa empolgação, ela acaba fazendo passos de samba mais eufóricos e sem sincronização, mas assim como ela, Pitbull e J Lo também tiveram suas falhas, começando pela total falta de gingado do rapper, que consegue somente jogar os braços para cima e mexer levemente o quadril, entretanto, o cantor tem tratamento “vip” no clipe. Ele tem destaque em todo o clipe, incluindo o fato de ele aparecer por 3 minutos, enquanto o vídeo tem 4, além de ter muitas morenas como rainhas de bateria o rodeando.

Caricato e sem novidade

Mesmo com todo seu sucesso, Pit Bull é pouco conhecido no Brasil e isso é confirmado quando é possível ver perguntas como da internauta ‘Manu19’ que comentou sobre o lançamento. “Minha nossa! Quem é esse cara cantando?”. O vídeo deixou a desejar na identidade do país que irá sediar a Copa do Mundo, mesmo com a participação do Olodum e o trio elétrico, o Brasil é visto de forma comum e sem novidades, com muitas mulheres seminuas e a participação de Neymar e Robinho, se tornando caricato e pobre quando se trata da cultura real do país.