Publicado em: quarta-feira, 25/08/2010

Clima seco faz São Paulo decretar estado de alerta

A baixa umidade relativa do ar obrigou a Defesa Civil da cidade de São Paulo a decretar estado de alerta na terça-feira (24).

O Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) informou que por volta das 13 horas de terça-feira a umidade relativa do ar na capital paulista atingiu 18%.Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), índices abaixo dos 20% obrigam o decretamento de estado de alerta.

Os principais efeitos da baixa umidades são olhos marejados, garganta seca, além de problemas respiratórios. A Defesa Civil aconselha a população para que evite atividades ao ar livre, exposição ao sol entre as 10 e 17 horas, e não praticar exercício das 11 às 15 horas.

De acordo com os meteorologistas, nos próximos dias o clima não deve sofrer alteração, permanecendo seco pelo menos até o fim de semana. O clima seco se deve a uma massa de ar quente que impossibilita a chega da uma frente fria.