Publicado em: segunda-feira, 28/04/2014

Cineasta em viagem pelo Brasil tem dificuldade para matricular a filha em escolas públicas apesar de políticas especiais para famílias itinerantes

Cineasta em viagem pelo Brasil tem dificuldade para matricular a filha em escolas públicas apesar de políticas especiais para famílias itinerantesCristhiane Malaquias que é cineasta está enfrentando sérios problemas na hora de conseguir vagas em escolas para sua filha Bruna de 10 anos, a moça declarou que sua experiência não tem sido nada agradável, já que por conta de um filme que ela fará se faz necessário que ela viaje para diferentes lugares do Brasil acompanhada de sua filha.

A cineasta afirmou que a necessidade a fez procurar saber sobre as políticas existentes para famílias itinerantes, que tem a necessidade de viajar, para que as crianças sejam matriculadas nas escolas disponíveis na cidade na qual se encontram, disse que para que Bruna não encontrasse diferenças no tipo de ensino a alternativa que ela escolheu foi que a menina apenas estudaria em escolas públicas.

De acordo com Cristhiane o que dificulta é o fato de as escolas não terem regras para realizar o atendimento das crianças que se encontram nessa situação, apesar de uma resolução do Conselho Nacional de Educação que prevê que as crianças em situação itinerante deve ter um tratamento diferente dos demais, pois se tratam de casos específicos.

A cineasta declarou que irá começar a sair com o documento da resolução debaixo de seus braços e levará as escolas no momento de solicitar vaga para Bruna.

Cristhiane após essas decepções resolveu saber a fundo tudo o que a resolução prevê e por isso ela procurou o Grupo Especial de Educação do Ministério Público paulista, um inquérito foi instaurado para se apurar as causas que levam ao não cumprimento das regras dispostas na resolução.

Enquanto isso a cineasta está mantendo um blog juntamente com sua filha Bruna para que novidades do processo sejam expostas a quem possa interessar.