Publicado em: quinta-feira, 20/10/2011

Cinco capitais testam vacina contra dengue

Nesta semana, cinco cidades brasileiras passam a fazer parte do teste que irá testar a eficácia da vacina contra dengue criado para os seres humanos. As cidades de Campo Grande, Fortaleza, Goiânia, natal e Vitória foram selecionadas para terem os seus índices de eficácias analisados e computadores junto a de outros países da América latina e da Ásia, aonde a contaminação pela picada do mosquito é considerada epidemia.

Nos testes que forem realizados anteriormente, a droga se mostrou segura e eficiente para ser aplicadas nos humanos. Se ela for aprovada, o combate contra a dengue terá disponível mais uma forma de prevenção. Atualmente, os únicos métodos utilizados são o de eliminação dos criadouro e o uso de inseticidas.

As pessoas selecionadas são voluntárias com idade entre 9 e 16 anos e devem passar as próximas semanas sendo acompanhadas por uma equipe média responsável pela aplicação e tratamento a pesquisa é feita a partir de aplicação da vacina em dois terços do candidato e com o placebo no restante. A vacinação acontece em três doses, cada uma em um intervalo de seus meses.

A vacina foi desenvolvida pelo corpo clínica do laboratório Sanofi Pasteur. Para que ela seja considera eficiente, o número de casos máximos de dengue nos pacientes que receberam o placebo tem que ser de 30%. No Brasil, o Instituto Butantã também vem desenvolvendo linhas de pesquisa para uma produção nacional da dose.