Publicado em: quarta-feira, 04/09/2013

Cinco aeroportos brasileiros renovam contratos com lojas da Drufy

Cinco aeroportos brasileiros renovam contratos com lojas da DrufyOs aeroportos de Goiânia, em Goiás, de Natal, no Rio Grande do Norte, de Brasília, no Distrito Federal, de Viracopos, em Campinas, e de Guarulhos, os dois últimos no estado de São Paulo tiveram seus contratos com a operadora de lojas duty free Dufry renovados ou expandidos. Os contratos de longo prazo foram assinados recentemente.

De acordo com as informações passadas pela própria Dufry, os contratos para a renovação ou ampliação dos acordos que já tinha com estes aeroportos brasileiros foram assinados entre abril e setembro deste ano. Com eles, pelos próximos 10 anos a Dufry poderá desenvolver operações nos terminais.

Isso quer dizer que, no total, a Dufry vai ter operação em mais de 19 mil metros quadrados de áreas de vendas nos aeroportos brasileiros que renovaram seu acordo com a rede e que têm a administração de empresas privadas, depois que as ampliações forem finalizadas.

De acordo com as informações dadas pela empresa, antes da privatização dos aeroportos, a área de atuação da empresa era de pouco mais de seis mil metros quadrados. Agora, essa área terá um aumento de mais de 13 mil metros quadrados.

A empresa ainda afirmou que os novos contratos do duty free acontecerão através de uma nova joint venture. Ela se tornará a partir desses novos contratos a plataforma utilizada para que os negócios de duty free sejam desenvolvidos em nosso país. Apesar de falar sobre a renovação e ampliação das áreas de ampliação nos aeroportos brasileiros, a empresa não quis dar mais detalhes sobre os valores que foram combinados para que estes contratos fossem feitos.

Contratos com aeroportos brasileiros

No aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, há a previsão de operação de lojas duty free. A inauguração delas, que ficarão no terminal três do aeroporto, tem previsão de acontecer em maio do ano que vem.

Já nos aeroportos de Brasília e de Natal, o Grupo Ingramérica ficará responsável por reformular a área comercial e por operar as lojas tradicionais, com incidência de impostos, e também as duty free. Em Campinas, o contrato, que foi assinado em abril, também prevê a operação de lojas duty free. Já em Goiânia, a empresa já está operando desde o mês passado a sua primeira loja convencional.