Publicado em: terça-feira, 08/04/2014

Cigarro causa alterações na voz, mulheres são as mais afetadas

Cigarro causa alterações na voz, mulheres são as mais afetadasNessa segunda-feira (7), a cardiologista Jaqueline Issa explicou em um programa de televisão que, o cigarro pode ser responsável por causar alterações na voz, principalmente nas mulheres, que podem ter picos na voz, como adquirindo um tom mais grave e totalmente diferente do seu tom natural. Isso acontece em decorrência de uma inflamação crônica nas cordas vocais por meio do fumo, é uma espécie de edema ou acúmulo de muco, que vai engrossando a voz e a deixando mais rouca, o que acaba sendo mais perceptível na mulher.

Há casos em que é necessário drenar esse edema já que as cordas vocais não funcionam mais e a pessoa fica sem falar. Por esse motivo, a médica aconselha que é preciso voltar a atenção se caso essa rouquidão surgir, porque pode ser também um sinal de câncer na laringe. Por mais que não pareça, a doença é comum e representa cerca de 25% dos tumores malignos que atingem essa área e 2% de todos os outros tipos malignos.

Problemas mais sérios

Fora o câncer de laringe, o cigarro pode ocasionar no risco de câncer na boca e na língua, a melhor forma de evitar o problema é o que talvez seja o mais difícil para a maioria da população: parar de fumar. É dessa forma que o endocrinologista Alfredo Halpern recomenda. A cardiologista afirma que, em apenas um dia sem fumar, já é possível perceber os benefícios na saúde.

Ela completa dizendo que, é preciso prestar atenção em outros sintomas de problemas na garganta, como dor, dificuldade para engolir ou respirar e sensação de caroço na região. Os médicos acreditam que o cigarro é o grande causador da tireoide, desencadeando hipotireoidismo e levando ao ganho de peso, principalmente na região abdominal. Mulheres com idade superior a 50 anos, tem 3 a 4 vezes de chances a mais de contrair o hipotireoidismo do que o restante da população.