Publicado em: terça-feira, 21/07/2009

Cidade do Paraná lidera em número de homicídios entre jovens no Brasil

A cidade paranaense Foz do Iguaçu, que faz fronteira do Brasil com Argentina e Paraguai, é a primeira no ranking de homicídios entre adolescentes. Essa informação foi fornecida por um estudo inédito divulgado na terça-feira (21) e feito em parceria pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela ONG Observatório das Favelas.

A pesquisa foi realizada com base em dados de 2006 e abrangeu adolescentes com idade entre 12 e 19 anos, de 267 cidades do Brasil com mais de 100 mil habitantes. A partir disso, foi feito um cálculo levando em conta as mortes ocorridas em grupos de mil jovens. O resultado desse cálculo estabeleceu o Índice de Homicídios na Adolescência (IHA).

O índice de Foz é de 9,7. Governador Valadares, em Minas Gerais, tem o segundo maior índice do Brasil, com 8,5. Já com o IHA de 7,3 ficou Cariacica, no Espírito Santo, a terceira cidade mais violenta do ranking. A média nacional ficou em 2,03.

Através desse estudo é possível afirmar que entre os anos de 2006 e 2012, cerca de 33 mil adolescentes serão assassinados no Brasil. Além disso, a estimativa aponta que as chances de um menino ser vítima de homicídio é 12 vezes maior do que de uma menina. Já o jovem negro tem três vezes maior probabilidade de ser morto do que um adolescente branco.