Publicado em: quarta-feira, 27/01/2010

Chuvas já mataram mais de 60 pessoas em São Paulo

As fortes e constantes chuvas que castigam são Paulo desde o início do ano já resultaram na morte de, pelo menos, 64 pessoas. Os dados foram divulgados pela Defesa Civil do estado, na manhã de quarta-feira (27).

Ao todo, mais de 18 mil pessoas foram afetadas pelos temporais, em 134 cidades do Estado. O número de feridos é mais do que 50, e ainda há duas pessoas desaparecidas. Até agora, 27 municípios paulistas se encontram em estado de emergência.

Os deslizamentos são as principais causas de mortes em decorrência da chuva em São Paulo. 41 pessoas morreram soterradas, sendo que as inundações vitimaram 13 pessoas.

Janeiro de 2010 registrou até agora o maior volume de chuvas nos últimos 15 anos, em comparação com os mesmo períodos de anos anteriores. A previsão é de que até o fim do verão mais tempestades castiguem a região.