Publicado em: sábado, 13/08/2011

Chuva de meteoros riscou o céu brasileiro na madrugada de sábado

Durante a noite desta sexta-feira (12) e a madrugada de sábado (13), mais precisamente depois das 4 horas da manhã, foi possível para os moradores das regiões Norte e Nordeste do país, assistirem a uma chuva de meteoros a olho nu.
A chuva pode ser vista apenas de forma isolada no Brasil. Para serem visualizados mais claramente os meteoros Perseidas foi indicado aos espectadores escolher um lugar adequado e saber a direção correta que os meteoros iriam, além do que era imprescindível que se afastassem das luzes das cidades, pois com o céu escuro o contraste da luminosidade dos meteoros era maior.

O nome escolhido para a chuva de meteoros foi escolhido devido aos meteoros aparecerem na direção da constelação de Perseu e ocorrem todos os anos quando a Terra atravessa os detritos do cometa Swift-Tuttle, que orbita o sol há 133 anos. É possível ver os meteoros a olho nu, pois eles ao tocarem na órbita terrestre se desintegram, formando então o fenômeno conhecido por estrelas cadentes. Antigamente pensava-se que os meteoritos vinham da constelação Perseu, mas atualmente o ponto fica mais perto da Cassiopeia.

Em outubro o fenômeno ira acontecer novamente, mas desta vez no Hemisfério Sul, quando o planeta Terra irá cruzar com a poeira vinda do cometa Halley, que irá acontecer pela segunda vez neste ano. A chuva desta vez se chamará de Orionídeas, que é de dentro da constelação de Órion e deve acontecer nos dias 15 e 29 de outubro, podendo até durar entre duas ou três noites.