Publicado em: sábado, 13/08/2011

Chuva de meteoros Perseidas pode ser vista no Nordeste do Brasil

Durante a madrugada desse sábado (13), mais especificamente por volta das 03h, quem estava olhando para o céu em alguma região sem muitas luzes da cidade pode ter visto a chuva de meteoros Perseidas. Todos os anos nessa mesma época, perto da transição do dia 12 de agosto para o dia 13, a Terra entra na órbita do cometa Swift-Tuttle. No Brasil, foi mais fácil de ver a chuva de meteoros na região Nordeste, por conta da posição favorável do céu.

Ao contrário do que pode acontecer em outros anos, dessa vez a quantidade de meteoros que poderia ter sido vista foi inferior. O dia marcado para a chuva de meteoros coincidiu com uma noite de lua cheia, o que atrapalha a visibilidade das estrelas cadentes por conta da luminosidade irradiada pela lua. Enquanto em condições normais é possível enxergar 60 meteoros por hora, esse ano a proporção girou em torno de 20 a 30.

De acordo com o astrônomo Paulo César Pereira, da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, “o céu escuro aumenta o contraste com a luminosidade dos meteoros, que não possuem um brilho tão intenso, facilitando a visibilidade do fenômeno.” Por isso, é recomendável que os espectadores procurem lugares afastados dos grandes centros urbanos.

Para quem não conseguiu assistir o espetáculo de sábado, outra chuva de meteoros está prevista para outubro. Dessa vez, os fragmentos serão liberados pela poeira pela poeira consequente do cometa Halley. Ao contrário do que aconteceu no sábado, a maior visibilidade será garantida no Hemisfério Sul.