Publicado em: sexta-feira, 08/10/2010

Chinês ganha o Nobel da Paz

O Prêmio Nobel da Paz de 2010 foi para um professor chinês e que luta pela democracia em seu país.

Liu Xiaobo foi reconhecido pela Academia da Noruega, por seus esforços que realiza em prol da democracia na China. Professor e ativista político, Xiaobo está preso desde 2008, por ter publicado um manifesto de apoio à liberdade de expressão no país asiático.

O Nobel da Paz ainda dará a Xiaobo um prêmio de cerca de R$ 2,7 milhões. Xiaobo é o mais famoso opositor ao governo chinês e ao sistema eleitoral que impede outros partidos, além do Partido Comunista, de participar das eleições.

Quando ainda era estudante, Xiaobo participou dos protestos na Praça da Paz Celestial, na década de 1980. O governo chinês reagiu contrariamente à escolha do Nobel da Paz deste ano, chegando a afirmar que a escolha irá prejudicar as relações entre China e Noruega, país que organiza o prêmio.