Publicado em: quarta-feira, 15/01/2014

China promete crescimento no comércio exterior devendo ultrapassar os EUA

China promete crescimento no comércio exterior devendo ultrapassar os EUAO valor total de importações e exportações da China no ano passado foi superado pela primeira vez, em torno de US$3 trilhões ao ano, alcançando US$4,16 trilhões. Totalizando uma alta de 7,6% no ano. Com isso, a China deve superar o comércio internacional dos E.U.A. que nos 11 meses de 2013 de novembro está em US$3,6 trilhões.

“É muito provável que a China tenha ultrapassado os E.U.A para que ela se torne a uma potência comercial maior em 2013, em uma única vez.” declarou o porta-voz do Serviço Alfandegário, Zheng Yuesheng, de acordo com as agências internacionais.

As exportações da China subiram 7,9% em 2013 e as importações cresceram 7,3% em relação ao ano anterior, segundo divulgado nesta sexta-feira (10).
O total exportado pela China em 2013 chegou a US$ 2,21 trilhão, enquanto as importações alcançaram US$1,95 trilhões.
Em dezembro, as exportações, em relação ao mês anterior teve uma desaceleração de 4,3%, que foi 12,7% de novembro. Já as exportações superaram as expectativas e subiram 8,3%, em comparação com os 5,3% de novembro.

Em 2013 a China teve um superávit que totalizou U$259,7 bilhão, já em 2012 foi maior, totalizando 12,8%.
Para 2014 a expectativa é ainda mais positiva porque geralmente as condições para o comércio crescer em 2014 parecem que serão melhores do que o ano passado. Disse Zheng, citando melhorias na demanda internacional e a situação econômica interna.

Para Wendy Chen, do banco Nomura Internacional, economista. O crescimento econômico foi atingido em um pico no terceiro trimestre, antes de ter caído no quarto. É possível que a tendência siga em queda nos seis primeiros meses do ano. Alertou.

Inflação

Os números do comércio foram divulgados um dia depois da publicação da inflação chinesa, o IPC chinês, que subiu 2,6% em 2013. O resultado ficou abaixo de 3,5 que é o limite que o governo estabelece.