Publicado em: sexta-feira, 03/01/2014

China impede game Battlefield 4 por razão de garantia nacional

China impede game Battlefield 4 por razão de garantia nacionalO jogo de tiro em primária pessoa Battlefield 4 foi coibido na China por razão de segurança nacional, porquanto tem como roteiro um conluio militar contra o governo da localidade.

Produzido pela Electronic Arts (EA) e estreado há três meses, o game não poderá ser comercializado no negócio chinês, assim como nenhum artigo catalogado a ele, conforme um pronunciamento do Ministério de Cultura exposto nesta sexta-feira (27) pelo site chinês PCgames.com.cn.

Battlefield 4 é adaptado em 2020, quando um capitão militar, o Almirante Chang, esquematiza um golpe de Estado contra o governo chinês, amparado pela Rússia e admitindo Pequim prestes a entrar em guerra com os Estados Unidos.

O gamer pode optar batalhar ao lado das forças chinesas, russas ou americanas. Ao mesmo tempo do lançamento do jogo, periódicos militares chineses tinham repreendido seu teor e o qualificaram como publicidade estrangeira.

O nome em mandarim do jogo está impedido nas redes sociais chinesas, porém determinados usuários locais arrumaram forma de baixá-lo da internet com outros títulos.