Publicado em: quinta-feira, 22/11/2012

Chelsea demite Di Matteo as vésperas do Mundial de Clubes

Chelsea demite Di Matteo as vésperas do Mundial de ClubesUma notícia animou os torcedores do Corinthians na última quarta-feira (21). Após a derrota por 3 x 0 para a Juventus, em Turim, o técnico do Chelsea, o italiano Roberto Di Matteo, foi demitido do comando técnico da equipe. Nem mesmo o título inédito da Liga dos Campeões da Europa na temporada 2011/2012 segurou o treinador no cargo, já que a equipe vinha de uma série de maus resultados e conseguiu apenas duas vitórias nas últimas oito partidas em todas as competições que disputa.

A derrota para a Juventus deixa o Chelsea em situação delicada na Liga dos Campeões da Europa. Isso porque ele está agora na terceira posição do seu grupo e na última rodada da fase os dois primeiros colocados vão se enfrentar, Shakhtar Donetsk e Juventus, e um empate garante matematicamente os dois times no mata-mata. Se isso realmente se confirmar, o Chelsea será primeiro campeão a ser eliminado na fase de grupos após ser campeão.

A demissão de Di Matteo do comando do Chelsea pode ser boa para o Corinthians. Isso porque com os problemas enfrentados pela equipe nas últimas rodadas, ela pode chegar desestimulado ao Japão onde poderá enfrentar o Corinthians possivelmente em uma final da competição. Além disso, o Timão vive um bom momento e está em boa seqüência no Campeonato Brasileiro 2012 e vai chegar com tudo para disputar mais um título.

Um dos nomes especulados para dirigir o Chelsea é o do ex-treinador do Barcelona, Pep Guardiola, que atualmente está sem clube e passa férias nos Estados Unidos. Entretanto, o empresário do treinador, Josep Maria Orobitg, disse que a intenção de Guardiola é a de pensar em trabalhar novamente apenas a partir de janeiro de 2013 e que por conta disso ele não deve aceitar uma proposta do Chelsea no momento.