Publicado em: terça-feira, 10/03/2015

Chefe da Mercedes afirma que Massa pode ser forte na competição

A temporada 2015 da Fórmula 1, com o GP da Austrália, começa tendo a Mercedes como uma das principais favoritas ao prêmio. Isso por conta da temporada passada, em que a Mercedes dominou a maioria das disputas, conquistando ainda a seu favor os melhores tempos durante a realização dos testes da pré temporada. Entretanto, mesmo com esse favoritismo, Niki Lauda, o diretor não executivo da Mercedes alerta para a força da Williams, tendo em Nico Rosberg e Lewis Hamilton uma ameaça real a seus pilotos.

Niki Lauda ainda elogiou dos dois pilotos do time inglês, afirmando que depois da realização dos testes, via agora a Williams como uma das grandes rivais nessa temporada da Fórmula 1. Durante uma entrevista à televisão alemã, o diretor afirmou que ao acompanhar os testes da concorrente, enxergava afora a Williams como a grande rival nesta temporada. Ele afirmou ainda que na Mercedes, Valtteri Bottas é hoje o maior talento do esporte entre os jovens pilotos, lembrando ainda que ninguém deveria subestimar o piloto brasileiro Felipe Massa, que em bons dias, pode assumir a dianteira no GP.Chefe da Mercedes afirma que Massa pode ser forte na competição

Lauda ainda declarou que as adversárias Red Bull e Ferrari estão nessa temporada em um nível ainda mais baixo que o time de Grove, ou seja, depois da Williams, Ferrari e Red Bull estariam mais ou mesmo nas mesmas condições. Ele avaliou que com Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, a Ferrari conta com uma boa equipe para brigar pela segunda posição com a Red Bull. Lauda já foi tricampeão nas décadas de 70 e 80 e é conhecido por dar fortes opiniões, que nem sempre agradam a todos. Ele falou também sobre a contratação da Red Bull para substituir o piloto Vettel.

Lauda desdenhou o contrato com o russo Daniil Kvyat, hoje apenas com 20 anos e que correrá sua segunda temporada este ano. Ele afirmou que hoje o principal competidor da Red Bull seria Daniel Ricciardo, porque não dava para esperar muito do russo recém contratado. Começa neste final de semana, na Austrália, a temporada 2015 da Fórmula 1. A classificação acontece na madrugada de sábado, às 3 horas, e a corrida acontece na madrugada de domingo, às 2 horas.