Publicado em: quarta-feira, 29/02/2012

Chávez é operado em Cuba e está em boas condições de saúde, diz vice-presidente da Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, foi submetido a uma nova cirurgia para tratar de uma lesão na mesma região em que retirou um tumor cancerígeno no ano passado. A cirurgia foi realizada em Cuba e, de acordo com o vice-presidente venezuelano, Elias Jaua, Hugo Chávez passa bem e seu estado de saúde é considerado bom. O dia certo em que a operação foi feita não foi confirmado, porém, duas fontes disseram à agência Efe que a cirurgia aconteceu nesta terça-feira (28).

O vice-presidente informou que Hugo Chávez está em boas condições e que a lesão, localizada na região pélvica, foi totalmente retirada, não havendo qualquer complicação durante o procedimento e depois dele. De acordo com informações de uma fonte da equipe médica, o processo cirúrgico durou cerca de 90 minutos. Segundo publicações dos jornais espanhóis “El País” e “Público”, Hugo Chávez teria entre um a dois anos de vida. Esta afirmação foi dada com base em documentos que vazaram no WikiLeaks.

Médicos russos acusavam cubanos de fazer uma “cirurgia incorreta”

O WikiLeaks afirma que teve acesso a milhares de correspondências eletrônicas da Stratfor Global Intelligence, empresa privada de segurança. Através dos e-mails, era possível confirmar quanto tempo e vida o presidente venezuelano ainda teria. Nos e-mails, havia diversas críticas dos médicos russos com relação ao tratamento feito em Cuba por Hugo Chávez em junho do ano passado.

A equipe médica russa afirma que os cubanos não possuem equipamento adequado para fazer o tratamento do presidente da Venezuela, e dizem ainda que eles fizeram uma “cirurgia incorreta” na tentativa de retirar o tumor da primeira vez. Segundo o documento divulgado pelos jornais, o tumor do líder venezuelano teve início com o aparecimento de “um volume perto da próstata que se estendeu para o cólon e se propagou dos nódulos linfáticos até a medula óssea”.