Publicado em: terça-feira, 15/10/2013

Charlie Hunnam desiste de atuar em Cinquenta Tons de Cinza

Charlie Hunnam desiste de atuar em Cinquenta Tons de CinzaO ator Charlie Hunnam teria tido conflitos de agenda de filmagens da série TV Sons of Anarchy e, por isso, desistiu de fazer parte do elenco do longa-metragem Cinquenta Tons de Cinza. O público se surpreendeu com a informação que não era cogitada.

A notícia veio a público por meio de uma nova oficial da própria produtora Universal Pictures. O comunicado dizia que o ator Charlie Hunnam não estará mais no papel do personagem Christian Grey, do best seller chamado Cinquenta Tons de Cinza. O motivo seria a falta de horário na agenda do ator, que já tem contrato firmado com a atração TV Sons of Anarchy.

A partir de agora, a equipe de produção junto com a diretora do filme Sam Taylor-Johnson buscam um outro profissional para assumir o trabalho. Mas isso terá que ser feito o quanto antes para conseguirem cumprir com os horários. A intenção é que as cenas do longa comecem a ser gravadas no final do mês de outubro. Por isso, está havendo uma corrida contra o tempo.

A bela atriz Dakota Johnson está confirmada para o papel de Anastasia Steele e Jennifer Ehle irá interpretar a mãe dela na trama. Desde que surgiu rumores sobre a escolha de Hunnam para o papel de Christian Grey, o público em geral fez críticas. A notícia foi divulgada no mês de setembro deste ano. O próprio Hunnam confessou que não era a pessoa ideal para o papel porque não tinha o perfil que os fãs estavam desejando.

Além de criticar, o público também fez sugestões. Uma enquete foi elaborada por profissionais do site Adoro Cinema e os fãs da história revelaram suas preferências. Entre os atores citados para o papel estavam Ryan Gosling e Matt Bomer. Resta esperar para saber se um desses dois atores será convidado para enfim fazer o papel do personagem Christian Grey, par romântico de Anastasia.

O lançamento do filme Cinquenta Tons de Cinza está previsto para o mês de agosto de 2014, nos Estados Unidos. A diretora Sam Taylor-Johnson é inglesa e também trabalhou na produção O garoto de Liverpool. A produção é baseada na obra da escritora E.L James.