Publicado em: terça-feira, 07/02/2012

Charles Dickens homenageado pelo Google e pela Família Real Britânica

Charles Dickens recebe homenagem em comemoração aos 200 anos de nascimento

Neste dia 7 de fevereiro um dos maiores nomes da literatura inglesa faz aniversário. Trata-se de Charles John Huffman Dickens, autor de histórias literárias da era vitoriana da Inglaterra, que influencia até as gerações de hoje com suas histórias escritas no início do século XIX. E para comemorar a data, o Google, como já era de se esperar, reservou um doodle especial para o autor, que nasceu no dia 7 de fevereiro de 1812 e morreu em 9 de junho de 1870. A ilustração do doodle lembra a Londres daquela época, que serviu de inspiração para as histórias do autor inglês.

Carreira

Dickens dedicou sua vida para escrever contos e romances, tornando-se o escritor inglês mais popular da época. No entanto, sua fama permanece até hoje, garantindo que novos leitores conheçam suas obras. Dois de seus livros mais famosos são Oliver Twist e David Copperfield.

Durante a adolescência, Dickens trabalhou num escritório de advocacia, o que o aproximou dos assuntos relacionados ao Direito. Tornou-se advogado, mas não gostou da profissão. Anos depois, após ter se dedicado a muitas leituras, passou a atuar como jornalista. Foi assim que começou a escrever, primeiramente, crônicas judiciais, cobertura das campanhas durante época eleitoral e relatar os debates.

Os relatos enquanto jornalistas estão reunidos em Sketches by Boz (em tradução livre, Esboços de Boz). Boz é o pseudômino que Dickens usava. O autor dedicou bastante tempo de sua carreira a escrever para jornais, ao mesmo tempo em que construía seus romances.

O reconhecimento como escritor veio quando publicou Os Documentos Póstumos do Clube Pickwick (em inglês, The Pickwick Papers), quando tinha pouco mais de 20 anos. O livro consistia em comentários e ilustrações. Após isso, várias novas histórias vieram e levaram Dickens ao patamar que seu nome representa hoje.

Homenagem na Inglaterra

A influência de Dickens para os ingleses é extremamente forte. Nesta terça, o príncipe Charles e sua mulher, Camilla, estiveram presentes em uma das homenagens realizadas para comemorar o bicentenário do nascimento do autor. O príncipe e sua esposa colocaram flores no túmulo, que fica no Canto dos Poetas da Abadia de Westminster. No mesmo local foi rezada uma missa em nome do romancista.

Junto com a realeza, participaram da cerimônia os parentes de Dickens, e um de seus tataranetos leu trechos de suas obras mais famosas. Após a cerimônia, o príncipe e sua digníssima foram ao museu de Charles Dickens, localizado na casa onde ele viveu com a esposa, Catherine Hogarth. O museu foi fundado em 1925.

Outras homenagens aconteceram ao longo da Inglaterra, como no município de Portsmouth, onde o autor nasceu, e em vários países do mundo. Fãs de Dickens da China e de mais 25 países fizeram uma maratona de 24h de leitura das obras do autor, e a editora Penguim fará a reedição de todas as obras em comemoração aos 200 anos de Dickens.

Fotos de Charles Dickens

Vídeo sobre Charles Dickens