Publicado em: sexta-feira, 10/01/2014

Cesta básica mais cara registrada ano passado foi em Salvador

Cesta básica mais cara registrada ano passado foi em SalvadorEstudos realizados pela DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconomicos) relatam que no ano passado a cesta básica teve um aumento em mais de 10%.

Das 18 capitais pesquisadas a maior alta foi em Salvador com 16,74%, isso devido o valor da carne que subiu 14,71%.

O estudo aponta também altas bastante significativas em Natal com 14,07% com o preço de R$ 273,36. Campo Grande-MS teve o aumento de 12,38%, Goiânia-GO com 4,37% e Brasília-DF com 4,99%. Já São Paulo-SP o aumento não foi tão alto, com 7,33%.

A capital com que teve a maior alta na cesta básica em Dezembro foi Porto Alegre-RS com o preço de R$329,18, depois São Paulo, R$327,24 e logo em seguida Vitória-ES com R$321,39.

O estudo também divulgou os menores valores. Aracaju com a cesta no valor de R$216,78, João Pessoa com R$258,81 e depois Salvador com R$265,13.

Vale Paraíba registra o maior alta no mês de dezembro

No Vale do Paraíba (Região do estado de São Paulo) a alta na cesta básica teve um registro de 1,50% no mês passado. Isso demonstra o maior aumento que foi registrado nos últimos 09 meses, segundo a pesquisa do NUPES (Núcleo de Pesquisas Econômicas-Sociais).

De acordo com Luiz Carlos Laureano, economista que é responsável pelo NUPES, essa variação é temporária, visto que o mês de dezembro o consumo aumenta bastante por causa das festas no final de ano.

Em Campos do Jordão a cesta que teve o maior valor foi de R$1.146,48 e a que teve o menor preço foi na cidade de Caçapava com o valor de R$1.124,52. Comparando os valores a cesta básica é de 1,95%.

A pesquisa foi efetuada com base em uma família com 05 pessoas e segundo o economista o consumidor está gastando cerca de 33% de sua renda com a cesta e está alto o valor, podendo ser um pouco menor, em torno de 20% a 25%.