Publicado em: quinta-feira, 21/07/2011

César Cielo poderá competir no Mundial

O nadador brasileiro César Cielo recebeu na manhã de quinta-feira (21) uma notícia aliviante. A CAS (Corte Arbitral do Esporte) manteve a advertência a ele pelo caso de doping, evitando uma pena mais dura, e com isso, Cielo está liberado para disputar o Mundial de Natação e os Jogos Olímpicos de Londres.

O Tribunal analisou o caso de Cielo ontem, ao ouvi-lo, e anunciou sua sentença hoje. A corte entendeu que Cielo não teve culpa no caso em que ele foi flagrado no antidoping pelo uso da substância furosemida. O nadador brasileiro admitiu o resultado e disse que ocorreu por um erro na manipulação de um composto por uma farmácia.

A CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) puniu Cielo com uma advertência, enquanto que a Fina (Federação Internacional de Natação) pedia uma pena mais pesada, com suspensão de no mínimo três meses.

A decisão da CAS é em última instância, e não pode ser mais contestada. Foi a primeira vez que um atleta recebeu uma pena mais branda pelo uso de furosemida, e pesou a favor de Cielo ele ser medalhista olímpico e campeão mundial. Além dele, os outros nadadores brasileiros flagrados no exame, Nicholas Santos e Henrique Barbosa também receberam advertências.