Publicado em: segunda-feira, 16/01/2012

Cercado de dúvidas, Ronaldinho Gaúcho viaja para Bolívia com Flamengo

Depois da novela envolvendo Ronaldinho Gaúcho sobre sua situação dentro do Flamengo, o craque embarcou com a equipe para a Bolívia, onde os jogadores farão treinamentos para fazer a estreia na Libertadores no próximo dia 25, contra o Real Potosí, na altitude. Porém, depois de aparentemente ter resolvido um problema, surgiu outro, já que o zagueiro Alex Silva não compareceu ao embarque e ficará no Brasil.

De acordo com o gerente de futebol da equipe, Isaías Tinoco, o zagueiro pediu para ser liberado nesta segunda-feira para conversar com seu advogado. O jogador já havia se apresentado com um dia de atraso no início do ano e, no meio da semana passada, em entrevista coletiva, declarou que o Flamengo deve salários atrasados a ele e a outros jogadores do clube. O rubro-negro reconhece que deve ao atleta cerca de R$ 250 mil.

O empresário de Alex Silva, Luiz Taveira, demonstrou surpresa quando ficou sabendo que o jogador não havia aparecido no embarque e nem tinha dado satisfações. O técnico Vanderlei Luxemburgo passou o tempo todo no telefone desde que soube que o jogador não viria. A delegação que vai à Bolívia possui 15 jogadores, com apenas dois zagueiros, já que Alex Silva não vai viajar.

O Flamengo também deve cerca de R$ 3,75 milhões a Ronaldinho Gaúcho, que chegou sério ao aeroporto de Guarulhos. O irmão e procurador do atleta, Assis, disse que o rubro-negro tem um novo prazo para quitar suas dívidas com o jogador. O Flamengo promete assinar, na próxima quarta-feira, um contrato sobre os direitos de imagem do jogador com a Traffic, e deve pagar o atleta já na quinta-feira.