Publicado em: quarta-feira, 07/08/2013

Casos de nova gripe aviária são registrados na China

Casos de nova gripe aviária são registrados na ChinaPela primeira vez, uma pessoa contraiu diretamente de outra o vírus da gripe aviária H7N9, que é muito letal. A vítima era uma mulher que cuidava de seu pai, também com a doença. O caso aconteceu na China e, de acordo com as autoridades do país, a notícia preocupa. Ainda assim, especialistas dizem que o parasita responsável pela doença não apresenta risco de criar uma pandemia entre humanos.

A mulher, de 32 anos, e o seu pai, que tinha 60 anos, fazem parte de uma lista de 43 pessoas que já morreram por conta da doença. Outras 91 pessoas foram contagiadas pelo vírus, mas conseguiram sobreviver.

Investigação da infecção do vírus

O caso da primeira infecção do vírus da nova gripe aviária entre pessoas foi descoberto após uma investigação realizada por um centro epidemiológico de Nanquim. Para saber se a mulher tinha pego o vírus diretamente de uma ave ou do pai, os especialistas entrevistaram pessoas próximas à família da moça e estiveram no bairro onde ela vivia. Dessa forma, eles se certificaram que apenas o pai dela tinha contato com aves, pois sempre ia ao mercado de aves vivas para comprar codornas que cozinhava para a família.

Perto da casa deles havia uma criação de cisnes, porém a investigação mostrou que nenhuma das aves estava infectada.

Além desses fatos, os especialistas fizeram a sequência da informação genética do vírus e descobriram que a mesma variedade que foi contraída pelo pai era muito parecida com a que infectou a filha, o que fez com que eles chegassem à conclusão que o pai transmitiu a doença para ela e que houve, assim, a transmissão da doença entre humanos.

Para os cientistas, a H7N9 passou a infectar humanos depois que sofreu algumas mutações, mas essa suspeita ainda não foi confirmada.