Publicado em: sábado, 03/03/2012

Casos de dengue reduzem 43% no Ceará nos primeiros meses do ano

Nos dois primeiros meses do ano o estado do Ceará já reduziu em 43% o número de casos de pacientes com dengue se comparado ao mesmo período de 2011. Segundo informações divulgadas pelo boletim semanal da Secretaria de Saúde do Ceará que foi apresentado nesta sexta-feira (2), o estado possui 1.447 casos registrados da doença nos dois primeiros meses do ano. Neste mesmo período em 2011, foram confirmados 2.559 casos.

Além da diminuição de casos no Ceará, dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (1º) mostram que o país reduziu em 66% o índice de infectados com dengue nos primeiros 50 dias do ano, comprando-se ao mesmo período do ano passado. De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde do Ceará, as cidades que concentram mais casos são Fortaleza e Juazeiro do Norte. Fortaleza possui 576 casos confirmados e Juazeiro do Norte, 468. Segundo a secretaria, apenas uma morte foi confirmada no estado este ano. O caso aconteceu na cidade de Juazeiro do Norte.

Os agentes de saúde de Fortaleza, que são responsáveis pela realização de campanhas de combate à doença nos bairros da capital estão em greve desde o início de janeiro. O motivo da paralisação é a reivindicação de reajuste salarial de 7%. A prefeitura afirmou que o controle da doença pode ficar “comprometido” se a paralisação permanecer por muito tempo. Conforme informou a Secretaria de Saúde de Fortaleza o serviço de combate à dengue ainda está funcionando, mas somente com os agentes que não participaram da greve.

Ações de combate à dengue são feitas nos municípios mais atingidos

Segundo a secretaria, neste sábado (3) será realizada uma blitz de combate à dengue no Bairro Barra do Ceará. Esta ação está marcada para ocorrer no período da manhã, das 8h às 11h30. O objetivo é fazer uma abordagem educativa aos feirantes, assim como visitas domiciliares no bairro. A prefeitura quer evitar a proliferação do mosquito, mas para que isso ocorra é necessária colaboração da população. A secretaria de saúde de Juazeiro do Norte também informou que os serviços de combate à dengue foram intensificados desde o início do ano e foram distribuídos panfletos educativos contra a epidemia.