Publicado em: quinta-feira, 27/09/2012

Caso Google – Juiz volta atrás e diretor do Google é liberado

Caso Google - Juiz volta atrás e diretor do Google é liberadoRepresentante do Google é liberado. Na tarde da última quarta-feira (26), o diretor geral da Google Brasil, Fábio José Silva Coelho, foi preso em São Paulo depois que Justiça Eleitoral do Estado do Mato Grosso do Sul emitiu uma ordem. Ainda ontem, o juiz da 35ª Zona Eleitoral de Campo Grande, Flávio Saad Perón, encaminhou para a Polícia Federal de SP um alvará que autorizava a soltura do diretor geral. Quando procurada, a assessoria de imprensa da companhia não deu nenhuma manifestação a respeito do incidente.

No pedido de soltura constava que Coelho deveria ser apenas ouvido e depois liberado, pois trata-se de um crime de potencial menor, indo para julgamento em um Tribunal de pequenas Causas, informou Perón. A decisão judicial veio porque o Google não retirou de sua rede de compartilhamento de vídeos, o Youtube, dois vídeos que tinha conteúdo de calúnias e difamações contra Alcides Bernal, do PP, que é candidato à prefeitura de Campo Grande. Os vídeos e a sua não remoção foram os motivos que levaram a Justiça Eleitoral do MS à pedir a prisão de Coelho.

A assessoria de imprensa da Google Brasil afirmou, antes do incidente da prisão do diretor, que irá recorrer da decisão judicial, afirmando não ser responsável pelo conteúdo veiculado por usuários da rede Youtube. O Youtube é uma plataforma, portanto a empresa não é responsável pelo conteúdo que seus usuários postam no site.

Depois que a decisão de retirar os vídeos foi determinada pela Justiça, a Google recorreu e disse que não iria retirar o conteúdo. O juiz Perín informou que os pedidos da companhia foram negados, e que o não cumprimento da determinação acarretaria na prisão de seu representante legal e a suspensão do Google e de seus sites dentro do Brasil durante 24 horas. Mesmo assim a empresa se negou a retirar o conteúdo.

Google: doodle animado celebra os 14 anos da empresa

Google: doodle animado celebra os 14 anos da empresa

Em contrapartida aos fatos envolvendo a justiça e representantes do Google no Brasil, nesta quinta-feira, dia 27, o Google está completando 14 anos de existência e para celebrar a data, em sua página inicial se encontra um doodle animado. A empresa foi fundada no dia 4 de setembro de 1998 por Sergey Brin e Larry Page, que eram estudantes na época. Só que a dupla escolheu o dia 27 de outubro para marcar o início de suas atividades. Com isso alguns usuários acabam confundindo as datas.

Em comemoração aos 14 anos de fundação do Google, hoje sua página inicial estampa um Doodle animado. No inicio aparece um bolo com 14 velas que enfeitam o logotipo da empresa. Em seguida a imagem muda, como se os pedaços de bolo estivessem sendo retirados. Com os pedaços de bolo que sobram, fica formada novamente a palavra Google sobre o tabuleiro colorido.

O Google chegou ao Brasil em 2005, com seu primeiro escritório sendo aberto em São Paulo e passando a oferecer serviços e produtos gratuitos aos seus usuários. Para os brasileiros, um dos produtos mais populares é o Google Search, onde podem ser realizadas pesquisas online, já que 98,7% dos brasileiros usam o Google para suas pesquisas, além do Gmail, serviço de e-mail mais usado no mundo, o Google Street Viem e o Google Maps. O empresa ainda conta com o YouTube, que é a maior plataforma para compartilhamento de vídeos de todo o mundo.